Monthly Archives: Outubro 2019

Comemorar o Mês das Pessoas Idosas

No dia 29 de outubro 2019 realizou-se mais uma sessão, das terças feiras, do Projeto Cesviver. Nesta tarde contámos com a participação da Ação Social da Câmara Municipal do Seixal, no âmbito das Comemorações do Mês das Pessoas Idosas promovido por aquela autarquia em parceria com a Associação Love Projet e com a CES.

Dra. Soraia Issufo iniciou os trabalhos referindo-se às comemorações iniciadas no dia 01 de outubro e ao seu encerramento a 09 de novembro pela C.M.S. Deu seguida deu a palavra â Dra. Cristina e à Dra. Claúdia representantes da Associação Love Project, que deram a saber que este teve início no Brasil e que se estendeu a todo o mundo com os seguintes fins: Promover o Bem-estar e a Saúde; Proporcionar Apoio Social e Jurídico; Aconselhamento e Intervenção Terapêutica; Animação Turística; Atividades Lúdicas Culturais e Sociais.  A sessão decorreu havendo sempre uma participação constante da assistência, indicando sentimentos positivos ou experiências vividas ou do seu conhecimento, para de seguida serem trabalhadas por todas.

Foi uma sessão de Partilha de Sentimentos Positivos que terminou com a formação de um estendal de corações amarelos onde se podia ler mensagens ou palavras relacionadas com o tema, integrados no âmbito da Campanha Mundial “Doces Sentimentos Positivos” a realizar no dia 04 de novembro para propagar a Felicidade.

A atividade terminou com intervenção da Sra. Vereadora que nos deixou palavras de conforto e o apelo para continuarem a frequentar as atividades.

Muitos nos honrou a presença da Senhora Vereadora Dra. Manuela Calado e da Técnica Superior Dra. Soraia Issufo da C.M.S.

Agradecemos à Dra. Cristina Maria e Dra. Claúdia Carola a sua maravilhosa “partilha” e o modo como foi encaminhada toda a tarde.

Rosa Maria Duarte

Comemorar o mês da pessoas idosas


Museu de Vila Franca de Xira

Category : Visitas

A Cesviver irá realizar no dia 12 de Novembro de 2019, uma visita de estudo ao Museu do Neo-Realismo, em Vila Franca de Xira.

O Museu do Neo-Realismo nas aturais instalações foi inaugurado no dia 20 de outubro de 2007. De autoria do Arquitecto Alcino Soutinho, o novo edifício vem concretizar uma das grandes prioridades da política cultural do Município de Vila Franca de Xira, criando as condições para a implementação de um novo projeto museológico mais ambicioso e de âmbito nacional.

A iniciativa de criação de um Museu dedicado ao neorrealismo nasceu em Vila Franca de Xira na década de oitenta do século XX, da vontade de um grupo de intelectuais ligados ao movimento neorrealista, concretizado através da criação da Comissão Instaladora do Museu do Neo-Realismo e da Associação Promotora do Museu do Neo-Realismo (APMNR).

Em 1993 foi dado mais um passo com a abertura ao público do Centro de Documentação do Museu. O projeto do Museu foi evoluindo em torno da área arquivística e bibliográfica, porém, cedo enriqueceu e diversificou o seu património, desenvolvendo um vasto conjunto de coleções museológicas, com destaque para espólios literários e editoriais, arquivos documentais (impressos e audiovisuais), acervos iconográficos, obras de arte, bibliotecas particulares e uma biblioteca especializada na temática neorrealista.

LER MAIS


Saúde Mental

Como prevenir: Caminhos / Veredas a percorrer

Dia 22 de outubro 2019 no projeto Cesviver tivemos a presença do Psicólogo Dr. Vitor Vitorino que se fez acompanhar da psicóloga estagiária Fiona Sofia.

Este nosso amigo começou por uma breve preparação psicológica, através do diálogo com a assistência, para de seguida abordar o tema.

Referiu que o tema começava neste dia mas propunha que fosse tratado posteriormente mais profundado, em data a marcar.

Foi distribuído um documento intitulado - As Sete Veredas da Saúde Mental:

  1. Ter um Propósito e Motivos para a Vida
  2. Ter Estilo e Hábitos de Vida Saudáveis
  3. Fazer Sono Calmo, Vida Sossegada, sem Stress e em Paz
  4. Manter Relacionamentos Saudáveis (não Tóxicos)
  5. Praticar Alimentação Adequada e Beber Água em Quantidade
  6. Praticar o Exercício Físico (Individual ou em Grupo)
  7. Ler, Escrever, Aprender, Meditar

Dando continuidade à sessão, Dr. Vitor Vitorino, referiu que estas sete dimensões são de fácil fixação pela maioria das pessoas mas só terão real valor para a saúde mental de cada uma, se gerirem o seu tempo com essa finalidade.

Desenvolveu cada “vereda” em particular referindo situações e exemplos de modo a que a assistência compreendesse o seu benefício, para o corpo e cérebro, e assumisse/escolhesse, em casa, hábitos que contribuíssem para retardar o envelhecimento do mesmo.

Após terminar deu a palavra aos presentes.

A estagiária tomou da palavra para agradecer o acolhimento de que foi alvo na CES, Unisseixal e Cesviver e apresentar a sua disponibilidade em colaborar.

Muito obrigada Dr. Vitor Vitorino pelas mensagens e apoio quem nos deixou para conseguirmos ter uma Vida Saudável.

Rosa Maria Duarte

Saúde Mental


Arte no Neo- Realismo

Hoje, dia 15 de Outubro de 2019, a Professora Lourdes Mano com a fluidez e clareza a que já nos habituou deu continuidade à sua última sessão, sobre o tema “Neo-Realismo”.

Falou que o Neo-Realismo aconteceu em meados do século. XX, como uma corrente artística de carácter marxista, com o intuito de Liberdade e de Solidariedade Social, de modo a alertar, a consciencializar, a transformar a politica de ditadura que há tanto se praticava no País.

Este movimento envolveu várias formas de arte, nomeadamente; literatura, pintura, música, artes plásticas, teatro, cinema, usando PowerPoint apresentou-nos gravuras elucidativas do novo movimento artístico Neo-Realismo e da sua influência. À medida que falava de escritores que muito se distinguiram (Fernando Namora, Ferreira de Castro, Aquilino Ribeiro, Alves Redol ...) assim como artistas plásticos (Cândido Portinari, Júlio Pomar, Manuel da Fonseca , Mário Dionísio, Ribeiro de Pavia, José Dias Coelho). Lembrou-nos, ainda, o Mural de Júlio Pomar, no cinema Batalha no Porto...Antes de terminar fez referencia às composições de Fernando Lopes Graça para alguns poemas Neo-Realistas. Por fim, cantou e encantou melodias do já referido Maestro Fernando Lopes-Graça a salientar: As Papoilas e Acordai (do poeta José Gomes Ferreira) e ainda a Canção do Camponês (de Arquimedes da Silva Santos).

A sessão foi aplaudida por todos os presentes que se mostraram gratos por mais esta brilhante tarde de lazer e aprender, parte integrante do Projecto ‘Um Livro Uma Companhia’.

Catarina Malanho

A Arte no Neo-Realismo


Centenário do nascimento de Fernando Namora

Na tarde de 08 de outubro a professora Maria de Lourdes Mano orientou a sessão, no âmbito do Projeto «Um Livro, Uma Companhia» o qual tem apoio do Departamento da Ação Social da Câmara Municipal do Seixal O tema era: Neo-Realismo da Literatura - Celebração do Centenário do Nascimento de Fernando Namora.
Aludiu breves referências biográficas e bibliográficas do autor, prémios e distinções recebidos em vida, bem como à Condecoração póstuma entregue, pelo Presidente da República Professor Marcelo Rebelo de Sousa, aquando da 4ª «Festa do Livro» nos Jardins do Palácio de Belém no passado mês de agosto.

Teceu comentários a algumas das suas obras literárias, tais como «Retalhos da Vida de Um Médico» e «Domingo À Tarde»; Deu a conhecer a sua ligação à arte e o reconhecimento a pintores dessa época, em especial ao Mestre Luís Dourdil.

Foi indicado para leitura o conto «Dois Ovos ao Fim da Tarde» com o qual Fernando Namora homenageia o pintor acima referido.

Depois foi a vez de nos dar a conhecer a poesia. Para tal recolheu nove poemas do autor que foram distribuídos aleatoriamente pelas senhoras presentes na sala, seguindo-se a sua leitura em grupos ou individualmente.

A Professora Maria de Lourdes Mano ainda proporcionou um roteiro, passo a citar - ”…uma pincelada. Umas gotículas muito leves, para despertar a curiosidade e o interesse…” - para a futura Visita de Estudo ao Museu do Neo-Realismo em Vila Franca de Xira.

Toda a sessão desta tarde foi acompanhada com material preparado e produzido pela comunicadora: projeção de imagens, livros do autor, fotocópias de textos e ilustrações. Muito obrigada querida amiga pelo belíssimo trabalho.

R.M.D.

Um livro uma companhia


Dia mundial da música e do idoso

No 1º dia de outubro no projeto Cesviver o dia começou diferente: de manhã um pequeno grupo participou nas atividades da Câmara Municipal do Seixal no seu projeto SEIXALÍADAS com a aula de Chi-Terapia, orientada pelo professor António Santos;

Durante a tarde decorreu na CES, tendo-se abordado o Dia Mundial do Idoso bem como o dia da Música. De seguida a professora Inocência Bolas orientou "Dança para Seniores".

A tarde terminou com a comemoração dos aniversários.

Dia Mundial da musica e do idoso


Feliz aniversário

Category : Aniversários

No dia 1 de Outubro, depois de uma tarde enriquecida de música e dança, cantámos os parabéns  às  senhoras aniversariantes que fizeram o seu aniversário em julho, agosto e setembro.

A Cesviver agradece a vossa presença, neste dia comemorativo, desejando a todas, os nossos parabéns e muitas felicidades.

Rosa Maria Duarte