Monthly Archives: Janeiro 2020

Saúde-Auditiva

Saúde auditiva era o tema da atividade do dia 28 de janeiro na Cesviver. A professora Antonina Marques, especializada em surdez, veio orientar a sessão. Referiu a perda auditiva como um dos problemas mais frequentes na faixa etária dos presentes. De seguida apresentou: os fatores que causam; os meios de diagnóstico; classificação e tipos principais de perda auditiva. Através de imagens fez uma breve explicação da anatomia do ouvido, de um audiograma de sons familiares e de um audiograma gráfico para que a assistência compreendesse. Referiu os tipos e os graus de surdez. Definiu vertigem e zumbidos (acufenos) suas origens e efeitos na pessoa. Também esclareceu que não se conhece um tratamento específico para resolver a segunda situação. Ainda mencionou os sistemas atuais (próteses auditivas) que minimizam os problemas de surdez.

Toda a assistência esteve muito atenta e interessada pois no grupo havia situações descritas pela orientadora.

Terminou fazendo uma iniciação à L.G.P (linguagem gestual). Convidou os presentes para dizerem os seus nomes utilizando aquela linguagem.

Rosa Duarte


Arte Contemporânea

Category : Artes Plásticas

 Os “caminhos” da Arte Contemporânea

No dia 21 Janeiro de 2020 e no âmbito das Artes Plásticas, o tema dinamizado na CESVIVER, pela Profª  Mª de Lourdes Mano foi: «Os “Caminhos” da Arte Contemporânea»

Depois de cumprimentar e agradecer a presença da assistência, a Professora recordou algumas exposições, que estiveram ou ainda estão presentes em Lisboa e Porto.

Com recurso a diversa documentação física e tecnológica, a orientadora foi dando a conhecer a uns e a lembrar a outros, os movimentos estéticos em voga, tanto nos Estados Unidos como na Europa, na década de setenta, nomeadamente a Pop Art e a Op-Art, com as consequentes influências no nosso dia-a-dia como, por exemplo, no vestuário, acessórios de moda, na fabricação de peças de porcelana, ou mesmo na decoração das nossas casas.

Projectando muitos e variados diapositivos, a professora  abordou as atuais tendências artísticas ao mesmo tempo que definia os conceitos inerentes a cada estilo: Arte Conceptual;  Performance;  Land Art ou Arte Ambiental;  Interferência; e mais recentemente, o surgimento da  Bio-Arte, assente no princípio de que «Se o objetivo do Cientista é interpretar o Mundo, o do Artista é representá-lo».

Como é habitual nesta Professora, vimos muitas imagens de Arte concebida pelos artistas plásticos portugueses, quer para o nosso País, quer para  estrangeiro, como os prestigiados Joana de Vasconcelos, José de Guimarães, Pedro Cabrita Reis e tantos outros, sem esquecer de referenciar a bio-artista portuguesa, Marta de Menezes,  bolseira da Fundação Gulbenkian.

Perante as recentes notícias de vandalismo na obra de Arte do conceituado Pedro Cabrita Reis, executada para o município de Leça da Palmeira, Matosinhos,  cujo título é «A Linha do Mar», a Professora teve a preocupação de projectar  muitas imagens desta Instalação, comentando também a carta-resposta, muito elegante e inteligentíssima de Pedro Cabrita Reis, perante as críticas e vandalismo a esta sua obra contemporânea «A Linha do Mar».

A Profª. terminou a sessão com a projecção um vídeo da exposição realizada recentemente na «Bienal de Arte Contemporânea» de Lyon, França, em que um dos trabalhos artísticos no âmbito da Bio-Arte, apresenta-nos a interligação/coesão  entre as Novas Tecnologias, a Vida Humana, a Inteligência Artificial e a Arte.

Obrigada Profª. Mª. de Lourdes Mano por nos deixar mais despertos para a observação das Artes Plásticas, nomeadamente para as novas tendências artísticas.
Rosa Duarte

Os “caminhos” da Arte Contemporânea


Actividade lúdica

Sendo o dia 14 de janeiro, o segundo dia das atividades de terça-feira da CESVIVER e havendo necessidade de serem abordados diversos assuntos de interesse geral, começou-se por:

a) Dar a conhecer a programação para o 2º trimestre deste ano letivo

b) Ouvir a opinião dos presentes em relação ao mesmo

c) Recolher sugestões para futuras atividades

Seguidamente foi lido um poema, alusivo a janeiro, retirado do Google, pela assistência e pelo amigo Sr. João Correia e feita a sua interpretação.

Recordaram-se ditados/provérbios populares sobre o mês em curso.

Por último, ao som de música, efetuaram-se exercícios físicos que estimulavam a atenção e coordenação de movimentos.

R.M.D.


Parabéns

Category : Aniversários

A 07 de janeiro de 2020 foi díade na “família” CesViver se celebrar os aniversários do mês de Dezembro de 2019.

Orgulhámo-nos com a presença dos nossos utentes que quiseram partilhar esses momentos connosco, muito obrigada.

Cantámos a canção de Parabéns. Foram apagadas as velas.

A Profª Mª de Lourdes entregou o postal desta festividade.

Muitos Parabéns a Muitas Felicidades para todos os Aniversariantes.


Neorrealismo na Literatura

Obra literária de Alves Redol

Começámos o 2º Período Letivo no dia 07 de janeiro 2020, com as atividades semanais do Projeto CESVIVER.

No horário da manhã realizou-se a aula de Chi Terapia e à tarde, o tema dinamizado pela Profª. Mª. de Lourdes Mano foi:  “Ainda o Neorrealismo na Literatura – Alves Redol”.

Depois da nossa recepção, a quem veio para aprender, recordar ou conviver, formulámos votos de BOM ANO, seguindo-se a dinamização inerente ao tema de hoje.

A começar, a Profª Mª. de Lourdes Mano ofertou um livro para a biblioteca da CESVIVER, de Sophia Andresen -  “Poesia” - livro este que deveria ter sido oferecido na sessão do dia 5 Novembro passado, quando celebrámos o centenário do nascimento de Sophia De Mello B. A. mas, como a livraria não o conseguiu obter a tempo desta celebração, a Profª. teve a gentileza de o oferecer hoje.

Falando ainda de Sophia, a Profª ofereceu a cada participante uma folha de leitura com um belo poema desta grande Senhora da Cultura, alusivo ao «Dia Mundial da Paz», celebrado no passado dia 1/Janeiro: «A Paz Sem Vencedor e Sem Vencidos».

A minha convidada e amiga continuou a apresentar as atividades com o tema escolhido no âmbito do Projeto “Um Livro, Uma Companhia”, desenvolvendo a temática «Celebrar o universo literário de Alves Redol, considerado o expoente máximo do Neorrealismo Português».

Além de outros aspetos, recordou-nos também: -  Uma síntese da sua biografia e da vasta bibliografia; - A sua forte ligação ao Teatro e ao Cinema com várias obras dedicadas a estas artes. - A Visita que realizámos à exposição «Alves Redol – Raízes de uma coleção: Alves Redol e (seus) ilustradores», patente no Museu do Neo-Realismo para celebrar os 80 anos da publicação do romance “Gaibéus” e, simultaneamente, assinalar os 50 anos da morte do escritor. Para esta sessão foram distribuídas as seguintes «Folhas de Leitura»:

Síntese de “Gaibéus”; Extratos de “Uma Flor Chamada Maria” e “Constantino, Guardador de Vacas e de Sonhos”.

A Profª Mª de Lourdes, entre muitos aspetos significativos da vida deste grande escritor, falou-nos da sua grande paixão pelo Teatro e grande preocupação na formação cultural dos jovens, sem esquecer  a sua ligação ao bem-estar de quem o rodeava, em especial dos trabalhadores, retratados de forma magistral nos muitos livros que escreveu.

A fim de dar mais ênfase à vida e obra deste grande escritor, foi lido o poema «Retrato de Alves Redol», escrito por José Carlos Ary dos Santos, homenageando este escritor.

Ao terminar a sessão, a Profª. ainda ofereceu para a nossa biblioteca o livro juvenil «Constantino, Guardador de Vacas e de Sonhos» onde, mais uma vez Alves Redol descreve com maestria uma aldeia pobre, com gente de vida muito simples, onde um jovem pastor de doze anos tem «a cabeça cheia de sonhos».

Bem-haja querida amiga!
Toda a sessão teve como recurso a projeção de imagens, a observação de  livros do escritor e documentos para leitura.

Rosa Duarte

 

Neorrealismo na Literatura


Dia de Reis

Category : Dia de Reis

Já estamos de volta! Bem Vindos ao Novo Ano

Tradições do Dia de Reis

A Cesviver retoma as suas atividades com a chegada do novo ano 2020, à Casa do Educador, no Dia de Reis.

Esta celebração está associada à tradição natalícia, que diz que três reis magos do Oriente, visitaram o Menino Jesus na noite de 5 para 6 de janeiro, depois de serem guiados por uma estrela.

A tradição manda que neste dia a família se volte a reunir para celebrar o fim dos festejos de Natal. Os alimentos da Noite de Reis são: o bacalhau com batatas cozidas, o bolo-rei, o pão-de-ló, as rabanadas, os sonhos, entre outras iguarias de Natal

Comemoração do Dia de Reis