Monthly Archives: Março 2020

CesViver-Encerramento das atividades

Category : Informação

Tendo em conta a situação atual em relação ao coronavírus, entendeu a Direção da C.E.S. e a Comissão Executiva da Cesviver antecipar as férias de Páscoa, suspendendo as Atividades da Cesviver a partir do dia 16 de março.

Prevendo a sua abertura a 14 de abril caso a situação assim o permita.  

Gratos pela compreensão.

O Presidente da CES

Jaime Ribeiro

SAÚDE-Mantenha-se informado


Street Art ou Arte Contemporânea

Category : Artes Plásticas

Na CESViver dinamizou-se:

Na tarde do dia 10 de Março voltámos ao tema que temos andado a recordar no âmbito das Artes Plásticas – Street Art.

Assim, abordámos:

1 - Três artistas portugueses representantes de três técnicas diferenciadas, prestigiados e consagrados nacional e internacionalmente.

2 – AKA AHENEAH – Ana Martins, a jovem talento que desponta e que eleva o tradicional «ponto-de-cruz» - «SWITCH OVER» - à categoria de Street Art.

Dando continuidade à temática no âmbito da Street Art, hoje a Professora Lourdes Mano apresentou-nos três prestigiados artistas portugueses, reconhecidos e consagrados também internacionalmente, com obras espalhadas um pouco pelo mundo. São eles:

- Alexandre Farto – AKA VHILS

- Artur Bordalo – AKA BORDALO II

- Pedro Campiche – AKACORLEONE

A Professora começou por nos conduzir a vocábulos específicos desta área artística, explicando o seu significado como, por exemplo, «Writer» e «AKA» ou «A.K.A.».

De seguida, houve a preocupação de nos referir dados biográficos de cada um destes artistas, falando-nos dos seus percursos enquanto artistas plásticos contemporâneos e intervenientes activos em causas ligadas a várias vertentes, nomeadamente ao Meio Ambiente/Ecologia.

Foram muitas as imagens projectadas das obras de cada um deles, referenciando os materiais e técnicas utilizadas para expressarem as suas mensagens de grande preocupação educativa, social, ambiental, ecológica e política.

Sobre AKA VHILS, natural do Seixal, entre muitos trabalhos que nos mostrou deste consagrado artista, referimos apenas e aqui, o espectacular rosto de Zeca Afonso, esculpido na escadaria do pátio da Escola Secundária José Afonso, Arrentela, Seixal, a pedido da sua ex-professora; a magnífica guitarra portuguesa - «Movimento Perpétuo» - que criou aquando da elevação do Fado a Património da Humanidade; «Quimera», o prato decorativo concebido a pedido da Fábrica das Faianças Artísticas «Bordallo Pinheiro»; a homenagem a Amália Rodrigues e à Calçada Portuguesa.

AKA BORDALO II – também deste consagrado artista, neto do Pintor Real Bordalo, tivemos oportunidade de conhecer ou recordar, muitas das suas obras emblemáticas, assim como a sua grande preocupação ambientalista, também ligada aos animais em vias de extinção ou não, já que estes são a forma directa de retratar a Natureza e aquilo que os destrói - o lixo, a poluição, o desperdício e a contaminação.

Por todo o País e estrangeiro encontramos a recriação de imensos animais totalmente confeccionados com o aproveitamento de caixotes do lixo, pneus, materiais eléctricos e electrónicos, enfim, um mundo de lixo e desperdícios de uma sociedade altamente consumista e nada preocupada com as consequências ambientais e ecológicas, como por exemplo, o «Lince Ibérico», no Parque das Nações, em Lisboa, obra recentemente inaugurada.

Destacamos ainda que, a convite da National Geographic, Bordalo II criou uma obra espectacular com os trezentos quilos de lixo recolhido nas praias e no mar, junto a Cascais. Esta obra foi um alerta contundente com o objectivo da preservação dos Oceanos.

AKACORLEONE – entre muitas obras de Pedro Campiche que foram projectadas, caracterizadas pelas cores vivas e brilhantes, destacamos aqui apenas as seguintes: mural intitulado «Sagres Beach Way», na praia de Carcavelos, pintado a convite da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas; «Balance», nome do recinto polidesportivo do Campo Mártires da Pátria, em Lisboa, parceria com a galeria de Street Art Underdogs, de Vhils, a Câmara Municipal de Lisboa, a Junta de Freguesia de Arroios e a Plataforma Desportiva Hoopers; painel comemorativo dos 75 anos dos voos da KLM em Portugal, entre Lisboa e Amesterdão; utilização de massa de modelar na elaborou uma série de figuras em miniatura para criar a campanha publicitária de uma operadora de telecomunicações móveis portuguesa, afirmando que: «Num mundo baseado em computadores, é importante preservar um estilo e uma estética artesanal».

Para terminar esta sessão, a Professora Lourdes Mano apresentou-nos a jovem Ana Martins – AKA AHENEAH.

Segundo esta jovem artista, tudo começou em 2016, aos 19 anos: «Desde sempre que me lembro de ver as minhas avós e a minha mãe a tricotar e a costurar; e desde muito cedo que pedi para me ensinarem».

Acabados os estudos em 2017, AKA AHENEAH inicia-se na Arte Urbana, trazendo o «ponto-de-cruz» para as ruas. O trabalho da designer chama-se «Switch Over», e é uma homenagem à infância e às suas avós.

Podemos ver os seus trabalhos nas Caldas da Rainha, Vila Franca de Xira, onde nasceu, e noutras cidades. Também em Espanha é já muito apreciada.

O Presidente da Junta de Freguesia, João Santos, esclarece que «com o contributo da Ana Martins, Vila Franca de Xira chegou aos quatro cantos do mundo, e de uma forma prestigiante».

A finalizar esta sessão bem interessante e com conteúdos inovadores para grande parte dos participantes, todos se reuniram à volta das mesas para um lanche reconfortante e conversas bem agradáveis.

MLMR

Arte Urbana ou Art Street


Momento Musical

Na sessão da CESVIVER, desta terça-feira, 3 de março de 2020, tivemos a presença do Grupo Coral e Instrumental 5 de janeiro da AURPIA.

Com o acompanhamento dos instrumentos; concertina, cavaquinho, viola e bombo, ouvimos bonita vozes entoarem canções tradicionais portuguesas; ribeira vai cheia, gotinha de água, vou levar-te comigo, o meu Alentejo, ciranda, cirandinha, entre outras.

Com um momento especial, terminaram a sua participação cantando o “Hino de Amora”

Foi com muita alegria, palmas e entusiamo que acompanhámos a sua atuação.

Um muito obrigado a todos os elementos do grupo pela sua disponibilidade e por terem tornado a nossa tarde bem mais agradável. Gostámos muito!!

MJ

Actuação do grupo Coral e Instrumental 5 de Janeiro

Grupo Coral e instrumental da AURPIA


Parabéns

Category : Aniversários

ANIVERSÁRIOS

Hoje, 3 de março de 2020, tivemos uma tarde de festa na CESVIVER.

Comemorámos mais um ano de vida das utentes e aderentes que fizeram anos no mês de fevereiro.

Cantámos os PARABÉNS às duas aniversariantes presentes e apagaram-se as velas.

Fez-se a oferta de um postal, com uma imagem de Arte Contemporânea: Arte Urbana/Street Art «LINCE Ibérico» -2019 Parque das Nações, Lisboa, desejando-lhes  Votos de Muitas Felicidades.

Terminámos a tarde, partilhando um lanche, em alegre convívio, com todos os presentes.

Muito obrigado aos voluntários pela colaboração.

MJ